Fundamental para toda e qualquer pessoa que deseja validar os seus conhecimentos na língua inglesa por meio de um certificado internacional e reconhecido em todo o mundo: assim pode ser descrito o teste de proficiência em inglês. 

Por ser considerado uma espécie de idioma universal, a língua inglesa é cada vez mais importante, principalmente quando observadas as questões relacionadas ao trabalho e às oportunidades de crescimento profissional. 

De acordo com uma avaliação global, o Brasil apresenta baixos níveis de proficiência na língua, ocupando a 53ª (quinquagésima terceira) posição em uma lista de 88 países, um resultado nada positivo. 

Neste artigo, mostraremos quais são os tipos de teste de proficiência em inglês e as 3 coisas que você precisa saber se quiser ajudar o seu filho. Não perca! 

Qual a importância do teste de proficiência em inglês?

Não é de hoje que a fluência em inglês é vista como importante. Apesar de ainda não ser considerada uma obrigação, pouco a pouco ela está se tornando uma necessidade: é a globalização do mercado e da sociedade como um todo o fator de maior influência nesse sentido.  

O teste de proficiência, por sua vez, é o que comprova essa capacidade perante dois grupos principais de instituições. O primeiro se refere às universidades no exterior, que o exigem como requisito básico para aceitação do aluno. 

O segundo diz respeito aos empregadores cuja atuação seja global, sobretudo às multinacionais, independentemente de onde se encontram. Isso significa que, mesmo em uma empresa com esse perfil que seja brasileira e esteja localizada dentro do país, o teste de proficiência pode ser uma exigência para a contratação do profissional.  

Em outras palavras, ele funciona como um instrumento de diferenciação que auxilia, entre diversas coisas, na admissão do indivíduo em uma universidade do exterior ou na alavancagem da sua carreira.  

No que diz respeito à língua inglesa em si, vale deixar claro que o conhecimento a nível inicial já não é o suficiente nem mesmo para os exames escolares, a exemplo do Enem e dos vestibulares em geral.

O que esse teste oferece ao aluno?

Não é preciso ir muito longe para entender o que a aprovação em um teste de proficiência em inglês pode dar ao aluno. Resumidamente, aumenta as suas chances de ser aceito por grandes universidades estrangeiras e organizações de todo o mundo. 

Considerando o fato de que o certificado é solicitado por boa parte das maiores empresas do Brasil, é indiscutível que represente um diferencial nesses cenários. Portanto, se você quer que o seu filho tenha ampliadas as suas oportunidades de emprego e de sucesso, direcioná-lo para a realização desse teste é um ótimo começo. 

Quais são os tipos de testes existentes? 

É importante compreender que a proficiência em inglês pode ser certificada por diferentes testes. Dentre todas as opções disponíveis, os principais são:

  • TOELF (Test of English as a Foreign Language);
  • IELTS (International English Language Testing System);
  • Cambridge Tests.

Certificação TOELF

Administrada pelo ETS, órgão norte-americano, a certificação TOELF é exigida por diversas instituições ao redor do mundo, especialmente nos Estados Unidos e no Canadá.   

A prova avalia a expressão e a compreensão oral, a escrita e a leitura, podendo ser feita de modo online e tendo duração média de 3 horas. Cada seção vale 30 pontos, o que significa que a pontuação vai de 0 a 120.

O TOELF tem validade de apenas dois anos: para fazer a prova, é preciso desembolsar a quantia de 215 dólares.

IELTS 

Criado pela Universidade de Cambridge e gerido pelo British Council, o IELTS é um certificado amplamente reconhecido, sobretudo nos países da Europa. Diferentemente do TOELF, a prova oral precisa ser realizada com a intermediação de um examinador. 

No entanto, as seções são as mesmas, com a distinção de que a pontuação vai de 1 a 9. A validade possui os mesmos 2 anos e o teste custa aproximadamente 800 reais.

Cambridge Tests

As certificações Cambrigde são administradas por um departamento em específico da Universidade de Cambridge, o ESOL. Todas elas são voltadas para a comprovação dos conhecimentos em inglês, porém, em diferentes níveis:

  • FCE (First Certificate in English);
  • CAE (Certificate of Advanced English);
  • CPE (Proficiency).

São aceitas e reconhecidas por empresas e instituições de ensino de todo o mundo. Atualmente, existem mais de 2.700 centros autorizados a realizá-las, em 130 países. 

E, para que você saiba, o Centro Educacional Logos está entre eles: somos a primeira escola de ensino regular do estado do Pará a realizar o teste. Alguns de nossos estudantes obtiveram a nota máxima! 

No CPE, etapa que atesta a proficiência no inglês, a pontuação vai de 0 a 230. São cinco seções:

  • Compreensão oral (Listening);
  • Expressão (Speaking);
  • Leitura (Reading);
  • Escrita (Writing);
  • Uso do Inglês (Use of English).

Para a aprovação, é necessário alcançar os 200 pontos. O tempo médio é de 3 horas. 

Como escolher qual exame fazer?

A escolha do teste de proficiência deve estar alinhada com o propósito de quem vai realizá-lo. Simples assim. Nessa conjuntura, a observação é só uma, a de que não há um exame que sirva para todos os casos. 

No entanto, tratando-se do momento escolar em que o seu filho se encontra, os testes TOELF e IELTS podem ser deixados para depois. Primeiro por que a validade dos dois é de apenas dois anos, e segundo por que eles são um pouco mais direcionados à questão profissional.

Em vista disso, as certificações Cambridge são mais indicadas nesse cenário. Além de não perderem a sua validade, também oferecem maior flexibilidade. Por serem feitas de acordo com níveis de conhecimento, elas funcionam melhor no meio estudantil. 

O que eu preciso saber se quiser ajudar o meu filho? 

Finalizaremos este artigo com 3 coisas que você precisa saber se quiser ajudar o seu filho com o teste de proficiência em inglês. São elas:

  1. Como funcionam os tempos verbais;
  2. Como as palavras devem soar quando pronunciadas;
  3. Quais são as regras gramaticais relacionadas à escrita e à construção de frases.

Para concluir, lembre-se de orientá-lo quanto à importância de se dedicar. Uma dica que certamente ajudará o seu filho com o teste de proficiência é a realização das provas anteriores.

Elas são interessantes porque além de dar uma ideia de como será o exame, também dão as respostas para as questões apresentadas, servindo como uma ótima base de estudos. 

E, sob uma visão mais ampla, ajudam a prepará-lo para o seu futuro profissional: se hoje o inglês é uma necessidade importante, logo passará a ser visto como um atributo obrigatório para quem deseja construir uma carreira de maior destaque.

Portanto, entre em contato conosco e se informe mais sobre o teste de proficiência em inglês.

Centro Educacional Logos
Autor

Tudo que você precisa saber sobre educação de qualidade para construir um futuro melhor.

Escreva um comentário

WhatsApp
Compartilhar
Twittar
Email