A saúde mental é um estado de bem-estar onde cada indivíduo desenvolve o seu próprio potencial, sendo capaz de lidar com diferentes situações normalmente desgastantes que enfrentamos todos os dias. Mais do que isso, manter a qualidade de vida cognitiva é uma forma de ter uma vida-longa, saudável e produtiva em todos os aspectos.

Nesse sentido, é essencial cuidar da saúde mental na adolescência, visto que essa fase da vida é um momento muito importante, onde as experiências vividas influenciam cada vez mais o comportamento dos jovens, — especialmente o estado emocional.

No post de hoje, abordaremos esse assunto de modo a destacar a importância dos cuidados mentais dos filhos num período onde a sociedade tem enfrentado sérios problemas psicológicos. Confira!

Atenção à saúde mental na adolescência

Estudos recentes apontam um alto índice de adolescentes que apresentam algum tipo de problema mental. Dentre os principais, destaca-se dificuldade de concentração, transtornos no sono e indisposição para atividades diárias.

Nesse sentido, é muito importante conversar com os filhos sobre a rotina escolar, uma vez que ao fazer isso, é provável a identificação de qualquer situação inadequada e propor pontualmente um tratamento eficaz, de modo a evitar que os problemas se agravem e tenham consequências piores na vida adulta.

Fatores que modificam a saúde emocional do adolescente

Durante a adolescência, os pais precisam frequentemente lidar com episódios de indisciplina. Nesse período, é natural que os estudantes estejam passando por grandes transformações. Por isso, é muito importante ter o apoio de educadores qualificados em um ambiente que favoreça o crescimento saudável dos alunos.

Questões biológicas e a apresentação de curiosidade por novas habilidades são fatores determinantes na construção da saúde emocional dos estudantes, principalmente durante esse período de descobertas, amizades e transformações intensas.

Famosos e suas experiências com problemas psicológicos

É comum as pessoas associarem o termo saudável apenas à conotação física para caracterizar a presença de alguma enfermidade. No entanto, milhões de pessoas sofrem de problemas com a saúde mental que são tão deteriorantes quanto doenças físicas. Confira a seguir exemplos de celebridades que lutam contra problemas sérios, porém, comuns. Veja:

Lady Gaga

Um exemplo da luta contra transtornos psicológicos, a cantora Nova-Iorquina Lady Gaga declarou em 2016 sofrer de estresse pós-traumático após ter sido vítima de abuso sexual. Desde então, tem se envolvido com projetos que alertam sobre doenças mentais.

Selena Gomez

A jovem cantora norte-americana é portadora de uma doença chamada Lúpus. Caracterizada principalmente pelas dores nas articulações, os pacientes podem ter crises de ansiedade e depressão, desencadeando sérios problemas neurológicos, decorrentes de outras patologias.

Fernanda Lima

A atriz e apresentadora brasileira afirmou que já passou por crises de depressão durante o período em que Interpretava o papel principal da novela “Bang Bang” produzida pela Rede Globo e exibida entre os anos de 2005 e 2006. Segundo ela, este período foi muito difícil mesmo se ocupando em atividades de ioga.

David Beckham

Mais um exemplo de como os efeitos de transtornos psicológicos são desgastantes, o inglês David Beckham, ex-jogador de futebol, falou abertamente sobre o seu Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC). Sendo, portanto, mais um exemplo de como essas doenças afetam a vida das pessoas em nossa sociedade, independente da condição em que vive.

Portanto, é essencial que os pais estejam sempre atentos ao comportamento dos filhos, de modo a garantir que eles tenham uma ótima saúde mental na adolescência e sejam capazes de viver suas vidas de forma plena e saudável.

O que você achou deste post? Deixe um comentário neste texto e divida conosco e os demais leitores a sua opinião sobre o assunto!

 

Autor

Tudo que você precisa saber sobre educação de qualidade para construir um futuro melhor.

Escreva um comentário