Para muitas pessoas, a prática esportiva serve unicamente para manter o corpo saudável. Mas os seus benefícios vão muito além da saúde! Unir esporte e educação pode ensinar habilidades importantes para as crianças, como disciplina, trabalho em equipe e responsabilidade.

Em muitos casos, a escola é o primeiro contato da criança com atividades esportivas, durante as aulas de educação física ou no recreio. Por isso, matricular os seus filhos em uma instituição que ofereça e estimule a prática de esportes é fundamental não só para a saúde, mas também para o desenvolvimento escolar.

Quer conhecer quais são os principais benefícios de conciliar esporte e educação no aprendizado dos alunos? Então continue a leitura!

Alunos disciplinados e responsáveis

Qualquer prática esportiva exige muito comprometimento dos participantes e no caso das crianças não seria diferente. É fundamental conhecer e obedecer as regras do jogo, tomar decisões que beneficiem todo o grupo e estar ciente de seu papel na equipe.

Dessa forma, conciliar esporte e educação contribui para que os alunos desenvolvam disciplina e responsabilidade. As crianças aprendem como é importante ter disciplina para alcançar os objetivos, bem como assumir e cumprir com suas responsabilidades.

No dia a dia, a criança demonstrará estar mais ciente de que deve fazer a lição de casa no prazo estipulado pelos professores, ajudar nas atividades domésticas e cumprir com tudo aquilo que promete.

Estímulo ao trabalho em equipe

Atividades esportivas, como futebol, vôlei, queimada e outras, estimulam os alunos a trabalhar em equipe desde cedo. Afinal, se algum membro não colaborar, todo o time pode ser prejudicado.

Essas habilidades são desenvolvidas até mesmo em atividades individuais, já que todo atleta precisa contar com a ajuda de outras pessoas, como treinadores.

Esse tipo de competência é importante também em sala de aula, auxiliando os alunos durante trabalhos em grupo e criando uma sensação de pertencimento a um grupo.

Mais foco nos estudos

Quando as crianças desenvolvem a disciplina, o seu rendimento escolar também aumenta. Os alunos compreendem que é fundamental se concentrar para ter um bom rendimento em qualquer tipo de atividade. E isso inclui as tarefas escolares.

Assim, eles passam a estudar para provas e fazer as lições de casa com mais foco e facilidade, sem tantas distrações.

Raciocínio mais veloz

Durante uma partida de futebol ou até mesmo de xadrez, o aluno deve analisar a situação com rapidez e tomar decisões no menor tempo possível.

Isso acontece porque, como mostram alguns estudos, a prática de atividades físicas aumenta o fluxo sanguíneo no cérebro, estimulando a formação de novas conexões entre os neurônios. Isso estimula a concentração e deixa o raciocínio mais veloz.

No dia a dia escolar, o estudante será capaz de compreender melhor as matérias ensinadas pelos professores, além de resolver rapidamente as questões de uma prova. Dessa forma, o seu rendimento aumenta e ele se torna um aluno melhor.

Aprendizagem de novas habilidades

Quando a criança começa a praticar algum tipo de esporte, ela entra em contato com situações novas. Esse tipo de experiência é muito importante para aprender novas habilidades.

Por exemplo, ao ser eleita capitã do time, a criança aprende a liderar e motivar a sua equipe, competência muito valorizada no mercado de trabalho. Além disso, o esporte também estimula o diálogo e a humildade, características que melhoram o comportamento dos filhos em casa e a sua relação com os pais.

Como mostramos, conciliar esporte e educação, além dos benefícios para a saúde, prepara o aluno para a sala de aula e também para a vida. Quer saber mais sobre o papel da escola na formação de cidadãos críticos e mais conscientes? Clique aqui e confira nosso próximo artigo. Boa leitura!

Autor

Tudo que você precisa saber sobre educação de qualidade para construir um futuro melhor.

Escreva um comentário