Na educação dos filhos, a indisciplina infantil é um dos grandes desafios enfrentados pelos pais. De fato, é realmente difícil quando uma criança se nega a realizar determinadas atividades ou demonstra agressividade ou agitação em excesso.

Há anos, estudiosos da educação e da psicologia se dedicam a entender as causas desse comportamento, e, em geral, não há uma definição específica para ele. Cada caso é um caso, e existem diversos fatores envolvidos, como as emoções, a cultura, as limitações físicas e mentais ou, até mesmo, a herança genética. O que sabemos é que se trata de um processo que deve ser acompanhado de perto, pois pode refletir negativamente nas relações sociais da criança.

Na publicação de hoje, vamos entender melhor sobre esse comportamento e abordar algumas estratégias para solucioná-lo. Para se informar um pouco mais, continue a leitura!

O que caracteriza a indisciplina infantil?

De uma forma mais abrangente, a indisciplina infantil se conceitua pelo não seguimento às regras, ou seja, é quando a criança demonstra alto grau de rebeldia ou de desobediência e faz com que o ambiente se torne desarmonioso. Ela ocorre quando a criança se nega a cumprir determinada ordem ou não consegue desenvolver suas próprias possibilidades cognitivas e morais.

Um dos graves erros cometidos pelos responsáveis é a necessidade de apontar os culpados. Essa atitude gera um desgaste nos envolvidos e, normalmente, não leva a lugar algum. Como comentamos, existem vários fatores que podem contribuir para que a criança esteja agindo dessa forma. Portanto, não se pode perder tempo: é necessário partir para ação.

Como lidar com esse comportamento?

Defina limites

Impor limites à criança permite que ela tome consciência de que seu comportamento representa alguma influência na vida das pessoas com quem ela se relaciona. Assim sendo, não tenha medo de demonstrar autoridade ou de comandar a situação. Além de ajudar na melhora da sua conduta, você a estará preparando para as barreiras que vão surgir ao longo da vida.

Busque apoio escolar

O apoio de educadores preparados é fundamental para ajudar a criança a concluir satisfatoriamente sua jornada escolar. Eles poderão atuar junto com os pais na implementação de estratégias para controlar a indisciplina infantil.

Além disso, o ambiente escolar é importante para a construção do indivíduo como cidadão, na medida em que oferece ensinamentos que terão reflexo direto no futuro e na vida pessoal. Nesse sentido, procure por instituições que tenham princípios éticos como base e valores que visem ao bem comum.

Respeite os sentimentos da criança

Não é possível pensar em disciplina sem levar os sentimentos da criança em consideração. Por isso, atente-se aos sinais! Os estímulos emocionais são muito importantes para o processo de educação e aprendizagem. Então, deixe que seu filho se expresse e mostre que você se importa com o que ele está sentindo.

Dê bons exemplos

Os pais são as maiores referências para os filhos. Por isso, não adianta apenas dar conselhos, é necessário ensinar como agir. Na medida em que vamos crescendo, conseguimos diferenciar o valor das palavras e das ações.

Portanto, se o seu filho está se comportando corretamente, faça elogios. Ou, caso você perceba que errou em algum ponto, não tenha medo de pedir desculpas. Certos hábitos possuem grande impacto no dia a dia da criança, e é normal que ela venha a repeti-los.

Como você viu, ainda que a indisciplina infantil represente um desafio para pais e professores, é possível criar planos de ação para combatê-la. A boa notícia é que todo o processo exige calma e cuidado, mas pode ser feito em conjunto com profissionais preparados.

Gostou das nossas dicas? Tem interesse em se informar um pouco mais sobre outros assuntos relacionados à educação infantil? Então, assine a nossa newsletter e receba nossas atualizações diretamente no seu e-mail!

 

Autor

Tudo que você precisa saber sobre educação de qualidade para construir um futuro melhor.

Escreva um comentário