Ações e comportamentos que mostram uma ausência de autorregulação e a falta de integridade, moralidade ou qualquer senso de responsabilidade social  por mais triste que seja a verdade, esse é o cenário que está tomando conta dos noticiários do país: e é exatamente por essa razão que a ética na escola se tornou uma questão mais importante do que nunca e que precisa ser tratada com urgência!

Diante do enfoque epidêmico em que vivemos em relação aos valores da democracia, do estado de direito, da liberdade individual e do respeito mútuo, é de fundamental importância que as instituições de ensino instruam as crianças de modo a fazê-las compreender adequadamente o que é o certo e o que é o errado. 

A necessidade de cavar mais fundo é evidente. Nesse sentido, mais do que apenas ensinar os alunos a respeito das disciplinas tradicionais, também é papel dos educadores ensiná-los a pensar sobre as boas condutas e os bons costumes. 

Neste artigo, mostraremos por que a ética na escola deve ser um assunto prioritário e quais são os benefícios desse ensinamento para crianças. Continue a leitura e confira!

Maior valorização do ser humano 

Começaremos, então, pela maior valorização do ser humano. Entenda que uma perspectiva de ensino apoiada em preceitos éticos contribuirá para o comprometimento dos alunos no que se refere ao que ocorre na vida coletiva do país e de suas comunidades.

Quando a escola ensina e cobra os seus estudantes acerca de suas condutas para com os demais, incluindo a própria instituição, eles aprenderão a ser bons cidadãos e, entre outras coisas, a agir com respeito, justiça, responsabilidade e solidariedade. 

Isso é importante porque, ao se desenvolverem com essas habilidades sociais, as crianças se tornarão adultos que sabem dialogar nas mais diferentes situações, evitando a violência de todos os modos. 

Esses valores e atitudes precisam ser desenvolvidos desde cedo, portanto, devem ser ensinados na escola. Porém, lembre-se de que a formação de caráter dos pequenos também é influenciada por fatores externos ao colégio, sobretudo, pelo que acontece no lar e perto dos pais. Nesse caso, a dica é simples: encarregue-se de dar os bons exemplos.

Melhor entendimento da relação “ação e reação” 

A ética na escola favorece significativamente o entendimento dos alunos quanto à relação “ação e reação”. Com as metodologias adequadas, os educadores poderão mostrar que os atos e comportamentos inapropriados podem resultar em consequências nada legais. 

Receber um zero na prova por ser pego “colando” serve para ilustrar uma situação em que essa relação é explícita. Utilizar o artifício “Ctrl+C/Ctrl+V” nos trabalhos e ser penalizado por isso também pode ser incluso nesse contexto.

Os educadores devem ficar atentos a qualquer “jeitinho” ou artimanha que sejam, de alguma forma, desleais. Ao detectá-los, é preciso deixar claro que os efeitos de uma ação antiética serão consequências negativas, sempre.

Tolerância e respeito ao próximo 

Para viver em sociedade e ser possível conviver com os outros, tolerância e respeito ao próximo são qualidades indispensáveis. Quando aplicada, a ética na escola também proporciona aos estudantes a visão de que, independentemente de sexo, etnia ou classe social, todos são dignos de afeição.

Humilhações e discriminações não serão aceitas em nenhuma hipótese, pois como cultura de ensino está o saber respeitar as diferenças de cada um. Isso tem o mesmo valor para as opiniões, que, mesmo diferentes, deverão ser sempre respeitadas: os educadores ensinarão os seus filhos a não tratar ninguém com desdém.

Senso de autocrítica 

O senso de autocrítica é outro motivo pelo qual a ética na escola é tão importante. Em resumo, o que o promove são os ensinamentos relativos aos bons valores, que farão com que as crianças repensem suas atitudes e reflitam sobre as suas próprias condutas. 

Ações mais conscientes

Com a maior valorização do ser humano, o melhor entendimento da relação “ação e reação”, a tolerância e o respeito ao próximo e um senso de autocrítica, o que se pode esperar por parte dos estudantes são ações mais conscientes.

Sob um olhar mais geral, esse é o propósito principal da ética na escola, o de fazê-los pensar duas vezes, tendo a justiça para os demais como um ponto de referência. Em outras palavras, eles aprenderão:

  • a ser justos;
  • a não trapacear;
  • a não mentir para não prejudicar os amigos;
  • a não ser verbal e fisicamente agressivos;
  • a cooperar quando realmente necessário;
  • e mais.

Ao tomar para si o objetivo de formar cidadãos de caráter e boa índole, as instituições de ensino estarão contribuindo para uma sociedade mais justa e correta para todos. Tratando-se dos colégios de educação infantil, não é nenhum exagero falar que é durante essa fase do aprendizado que se formam pessoas de valor. 

O problema, porém, é que, infelizmente, não são todas as escolas que assumem esse papel. A verdade, por mais dura que seja, é que são poucas as que, de fato, priorizam os ensinamentos éticos.

Prova disso é a estreita e inadequada definição do termo “bem-educado”, geralmente medida pelo desempenho escolar e pela mera forma como as crianças se comportam na frente dos outros.

Ao olharmos para a situação atual do país, que, infelizmente, ainda está tomada por escândalos de proporções nunca antes vistas, podemos concluir que, de acordo com essa definição, todos os envolvidos nas desonestidades e injustiças são pessoas muito bem-educadas.

Claramente, há algo de errado com a nossa educação, e não é de hoje. A questão a salientar, nesse cenário, é que a ética na escola nunca teve a mesma importância do que os aspectos meramente acadêmicos.

Por essa razão, cabe aos pais defender essa mudança, fazendo com que o ensinamento dos valores morais se tornem tão relevantes quanto. A meta dos educadores deve ser muito mais do que apenas cobrar por boas notas: a verdadeira meta deveria ser a de ensinar os alunos a fazer a coisa certa, em qualquer circunstância, mesmo quando ninguém estiver olhando. 

Esperamos que você tenha gostado deste artigo sobre a ética na escola. No Centro Educacional Logos, essa é uma prática diária! Por isso, se quiser saber mais e conhecer as nossas metodologias, entre em contato conosco agora mesmo

Autor

Tudo que você precisa saber sobre educação de qualidade para construir um futuro melhor.

Escreva um comentário