Para milhares de alunos, o segundo semestre do ano é marcado por noites sem dormir, revisões, pontas de lápis mordidas e muita ansiedade. Tudo isso por conta da proximidade do Enem.

Com o surto de hormônios, choro, ansiedade e necessidades por toda parte, alguns pais têm grandes dificuldades em fornecer o suporte ideal.

A adolescência é um período de maturidade, o que pode gerar ansiedade e sentimentos de grande expectativa. Nesta fase, obter o apoio dos pais e familiares é crucial porque têm um impacto direto e positivo na vida dos alunos.

Se você está nessa situação e espera reduzir a pressão dos exames pré-vestibulares por meio da cooperação, você veio ao lugar certo!

  1. Seja compreensivo

As pessoas reagem de maneiras diferentes em momentos de estresse. Mudanças emocionais como ansiedade, depressão e agressão podem ser o resultado da ansiedade do teste.

Nesses casos, a melhor maneira é manter o entendimento sem ter que conduzir discussões detalhadas. Tente enfrentar essas reações com compaixão e muito diálogo.

Pergunte a seu filho como ele deseja ajuda. Fique com ele durante todo o processo, não apenas no último momento. Agindo assim, você vai mostrar o que é realmente importante na aprendizagem do seu filho.

Além disso, apenas cobrar e fornecer ajuda nas últimas semanas colocará mais pressão sobre seus filhos adolescentes e não ajudará na felicidade deles.

  • Demonstre confiança

A falta de confiança em suas habilidades pode deixar os alunos nervosos e, embora tenham feito pesquisas o suficiente, eles ainda não se lembram do que foi perguntado – o famoso “deu branco”.

Portanto, é importante que os familiares mostrem confiança e demonstrem que acreditam na capacidade do aluno de se sair bem no exame! Tão importante quanto a apresentação é torná-la natural para que seu filho se inspire com o apoio da família.

  • Não faça comparações

É verdade que a comparação pode nos motivar a crescer, mas também nos faz ter séries de questionamentos sobre nossas habilidades. À medida que as pessoas usam cada vez mais as redes sociais, esse fenômeno tende a se intensificar. Nas redes sociais só vemos o que há de melhor no dia a dia de nossos amigos.

Portanto, antes de comparar as notas e o desempenho de seus filhos com os de outras pessoas, lembre-se de que essas atitudes prejudicarão a autoconfiança deles e não os ajudará a atingir os objetivos que buscam.

  • Forneça apoio logístico

É necessário saber o local do evento e definir uma estratégia de chegada antecipada. Junto com seu filho, decida qual é a melhor abordagem. Como a maioria dos testes é realizada nos finais de semana, várias rotas do trânsito podem ser alteradas, assim como os horários das rotas dos ônibus.

Sabemos que os pais sentem a mesma tensão que os alunos durante o vestibular. Portanto, na preparação para o vestibular, é necessário dar suporte ao aluno para aliviar o estresse e a ansiedade.

Dúvidas e impasses serão comuns nesta fase, especialmente nas escolhas de carreira. É importante que os pais criem um ambiente hospitaleiro para que seus filhos possam mostrar confiança e energia total.

Escreva um comentário